terça-feira, 17 de novembro de 2009

Enquanto isso no tabuleiro de War...


Uma menina de saia curta parou o país, dois meses antes do BBB 10 e uma semana antes de A Fazenda 2. Geysi está usando e abusando da mídia sem assunto que toma conta do Brasil. Profissionais sérios foram obrigados a dar espaço em seus programas, não para discutir o que interessa, que é a atitude da universidade que expulsou a menina, mas para erguê-la ao estrelato.

Do outro lado do mundo, a China censurou ninguém menos que Barack Obama. E o motivo, apesar de óbvio, define muita coisa: A China tem tanta certeza de que é a bola da vez na linha de sucessão para a eleição de maior potência do planeta, que se deu o direito de calar a boca de um presidente norte americano. Um dos motivos desta certeza toda é que os chineses são hoje os maiores credores dos EUA, com cerca de 800 bilhões de dólares em títulos do governo.

E por fim, a famosa blogueira Belle de Jour, que narrava as aventuras sexuais de uma prostituta de luxo e virou livros e série de TV, revelou sua identidade oculta. Ela é uma bem sucedida cientista que fez questão de deixar bem claro em seu blog: “Paguei todos os meus impostos enquanto prestei serviços sexuais”.

Ou seja, A China está se posicionando estrategicamente para dominar o mundo, na Inglaterra as prostitutas emitem nota fiscal e no Brasil paramos para assistir a ascensão de uma estrela chamada Geysi.

Tudo é uma questão de foco.

4 comentários:

Christofer Castro disse...

1º, não assisto TV.
2º, deixa a tia em paz, quer ser puta, que se exploda!
3º, Tenho dó da Geyse!

Daniel de Souza Montenegro disse...

cara putz!!!

Patricia disse...

Apesar do texto ter sido escrito há anos luz, adorei. Vale para os dias de hoje tbm....

Rodrigo Lamim disse...

Obrigado Patrícia.

Todo comentário é sempre muito bem-vindo, não importa quando.

E você tem razão, apesar de antiga, a questão do foco está longe de ser resolvida pelo Brasil.

Abraço,
Rodrigo.